Tag Archives: Dia da Espiga

  • -

O dia da Espiga na A.P.S.M.A

Tags : 

Na Associação Popular também se viveu o Dia da Espiga, não fosse este dia uma grande marca do nosso concelho pois marca o feriado municipal do mesmo.

 

Quarenta dias depois da Páscoa, e sempre a uma quinta-feira, celebra-se o Dia da Espiga ou Quinta-feira da Espiga.
Tradicionalmente, de manhã cedo, rapazes e raparigas iam para o campo apanhar a espiga e outras flores campestres, hoje em dia já não é bem assim, a tradição tem vindo a perder-se.
Com elas, formam um ramo com: espigas de trigo, folhagem de oliveira, malmequeres e papoilas. O ramo pode também incluir centeio, cevada, aveia, margaridas, pampilhos, etc.
Cada elemento simboliza um desejo:
– A espiga= que haja pão (isto é, que nunca falte comida, que haja abundância em cada lar)

– O ramo de folhas de oliveira = que haja paz (lembra-te que a pomba da paz traz no bico um ramo de oliveira) e que nunca falte a luz (divina). (Dantes as pessoas alumiavam-se com lamparinas de azeite, e o azeite faz-se com as azeitonas, que são o fruto da oliveira.)

Flores (malmequeres, papoilas, etc.) = que haja alegria (simbolizada pela cor das flores – o malmequer ainda «traz» ouro e prata, a papoila «traz» amor e vida e o alecrim «traz» saúde e força).

O ramo é guardado ao longo de um ano, até ao Dia de Espiga do ano seguinte, pendurado algures dentro de casa.

Nós não fomos apanhar a espiga, mas fomos fazer um piquenique onde os elementos da espiga estiveram bem presentes, lanchamos pão, sumo e bolinho ; houve muita alegria nas nossas brincadeiras e voltamos em paz para a escola. Foi um dia em cheio e do qual gostamos muito.

 

 


Procurar